Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O BILOGUE

Um blogue sobre tudo e sobre nada, entre disparates e coisas sérias alguma coisa se há-de aproveitar.

O BILOGUE

Um blogue sobre tudo e sobre nada, entre disparates e coisas sérias alguma coisa se há-de aproveitar.

  • Portagens no IC19

     

    Isto é estúpido! Mas também outras coisas que têm feito o são e isso não os impediu.

     

    Depois da descida do iva dos 21% para os 20%,agora vem o aumento não só dessa taxa como das outras. É estupido, não é?

     

    "Nós aumentámos o IVA um ponto percentual em todas as taxas e aumentámos em um por cento o IRS em todas as pessoas, é um esforço colectivo e distribuído por todos, e esse aumento de impostos é suficiente para este objectivo orçamental e para o do ano seguinte", palavras de José Sócrates, em declarações aos jornalistas depois do debate quinzenal à saída da Assembleia da República.

     

    Esta treta do esforço colectivo, faz-me lembrar um director geral de uma empresa onde trabalhei bastante anos que veio apelar para um esforço conjunto em que seria necessário reduzir os salários do pessoal, sob pena da Empresa fechar.

     

    Quando se foi ver, o esforço foi no conjunto, mas no conjunto de empregados. Ele continuava a receber o mesmo ordenado e em vez de receber as despesas através de cheque ou dinheiro, foi-lhe dado um cartão de crédito com um limite exorbitante para ele poder gastar.

    Não contente, até teve direito a um carro alugado para poder se deslocar, mas para a empresa não seria, porque só lá ia uma vez por semana, quando ia.

     

    De repente decidiu que estava doente, e que devia estar de baixa. No interesse da empresa, mantinha o cartão, carro, e increveu a esposa na Empresa como funcionária para poder receber a diferença entre o valor da baixa e o seu ordenado. A Esposa entrou a receber 1250 euro mês, sem sequer lá alguma vez ter estado, sem sequer ter prestado um minuto de serviço.

     

    Resultado, a empresa foi vendida por 1 euro e fechou por abandono da "nova gerência" que nunca chegou a aparecer, a antiga ignorou todos os pedidos de informação, negado-se até a revelar a quem vendeu. No final, este Director Geral demitiu-se e meteu os papeis para o fundo de desemprego, acompanhado pela esposa que também teve direito a fundo de desemprego sem nunca ter postos os pés na empresa, ou ter desempenhado uma função.

     

    É  por estas e por outras que não me convencem dessa treta do esforço colectivo. Isto é conversa para quem sempre pagou as crises continuar a pagar. Agora estamos a pagar os submarinhos, mais tarde com a nova subida de impostos que aí virá, iremos pagar o defice.

     

     

    Puxando novamente o título deste post -  E já agora porque não pôr portagens no IC19? Já viram quantos carros passam lá por dia?

     

    É estúpido, mas em nome da  "... recuperação..." e do tal " ...esforço colectivo..." tudo é possível.

     

    5 comentários

    Comentar post