Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O BILOGUE

Um blogue sobre tudo e sobre nada, entre disparates e coisas sérias alguma coisa se há-de aproveitar.

O BILOGUE

Um blogue sobre tudo e sobre nada, entre disparates e coisas sérias alguma coisa se há-de aproveitar.

  • Bem educados! Ou talvez não! Mas é os deputados que temos.

    Ser deputado ou ministro na assembleia da república não requer boa educação, a prova está no modo como se tratam dentro e fora da assembleia da republica.

     

    Já nem falo quando uns dormem enquanto outros discursam.

     

    Neste video temos um Ministro que aposta na linguagem gestual, para se fazer entender. Eu ainda acho, e isto é a minha humilde opinião, quando o Ministro Manuel Pinho apontou dois corninhos à bancada do PCP, não eram corninhos, ele queria era apontar para duas pessoas ao mesmo tempo e foi mal interpretado - cambada de mal intencionados.

     

     

    No video seguinte poderão comprovar um caso engraçado, que faz com que o caso dos "corninhos" do ministro Manuel Pinho, salvo seja, passe por um caso meramente corriqueiro.

    Para este caso, não consigo encontrar uma interpretação amável que torne este acto o mais normal possível.  Acho que quando certas palavras saem da boca, não há nada a fazer - está dito, está dito. Vejam lá o video e digam se podemos desculpar o Sr Deputado pelo deslize.

     

     

     

    Outro caso engraçado foi um deputado do PS, que ficou com os gravadores de uns jornalistas porque não gostou do curso da entrevista.

     

     

    Maria José Nogueira Pinto chama "palhaço" a um deputado do PS , mais um caso engraçado

     

     

    Mais outra confusão, em que se perde a paciência, e neste caso em directo na TV.

     

     

    Aqui um dos deputados chama Palhaço ao primeiro Ministro José Socrates, vejam se conhecem o deputado que profere essas palavras, acho que já o vimos ...

     

     

    Aqui temos o Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, a "passar-se" com o deputado do PSD, Paulo Rangel.

     

     

    Mas ainda somos bastante pacíficos, e ainda bem, senão o resultado seria mais ou menos assim