Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O BILOGUE

Um blogue sobre tudo e sobre nada, entre disparates e coisas sérias alguma coisa se há-de aproveitar.

O BILOGUE

Um blogue sobre tudo e sobre nada, entre disparates e coisas sérias alguma coisa se há-de aproveitar.

Vai um cozidinho?

Vai um cozidinho? Está a sair.

 

Esta é a frase que recebemos em alguns restaurantes em certos dias da semana, logo que entramos ou nos sentamos.

 

Vai um cozidinho? Claro venha ele, mas traga-me mais carne de vaca que de porco, fique com a orelha e o chispe, que não me faz falta.

Como não gosto destas partes no cozido, peço sempre para não porem, porque normalmente ocupa a maioria da travessa impedindo que outras carninhas e os enchidos venham para a mesa, em quantidade que me agrade.

 

Fiquei no balcão, estava com alguma pressa e as mesas estavam ocupadas, 5 minutos depois, lá veio o cozido e em boa hora pedi, quem veio a seguir já não tinha enchidos.

 

Desilusão para alguns, nem por isso para outros, nem toda a gente gosta ou pode comer enchidos e chouriços.

Que foi o caso de algum cliente numa das mesas, que deixou os enchidos e o chouriço na travessa, reparei nisso quando o empregado de mesa passou pelo balcão e levou a travessa para a cozinha.

 

Espanto!!! A dose seguinte já tinha direito a enchidos e chouriço!!!

 

Adivinham de onde ele veio?

 

Não sei se pode chamar de reciclagem, acho que o termo não se aplica aos bens alimentares. Acho que é mais, falta de higiene!

 

Da próxima vez, é caso para dizer em resposta:

 

 

Vai um cozidinho? Está a sair.

 

Não obrigado! Também eu!